#DiaDasCriançasLegal: por uma infância mais segura, participe do abaixo-assinado pela inclusão da disciplina Ética e Cidadania Digital nas escolas!

ÉTICA E CIDADANIA DIGITAL NA GRADE CURRICULAR

Assim como o Natal, existe uma data que é muito importante para o “calendário infantil”, é o Dia das Crianças! Além de ser uma data em que elas costumam ganhar um presente especial, ainda é uma boa oportunidade para reunir a família e celebrar ótimos momentos juntos.  No próximo domingo, dia 12 de outubro, celebramos o Dia das Crianças, e o Movimento Família Mais Segura na Internet, que promove a ética, a segurança e a cidadania digital entre escolas e comunidades, convida você para refletir sobre o futuro que queremos para as nossas crianças.

Na Sociedade Digital, estamos cada vez mais conectados, tecnológicos e trocando informações, e é comum que cada vez mais cedo as nossas crianças também sejam inseridas nesta realidade. Mas será que estamos fazendo essa inserção da melhor maneira possível? Deixar que isso ocorra naturalmente é saudável, desde que exista um acompanhamento por parte dos responsáveis, que devem não só monitorar, como também orientar as crianças sobre o uso que fazem da tecnologia.

Visando preparar melhor nossas crianças para esse cenário e evitar incidentes digitais que vão desde cyberbullying, exposição de imagem na internet e plágio em trabalhos escolares, até crimes mais graves como pedofilia, o Movimento Família Mais Segura na Internet criou um abaixo-assinado pela inclusão da disciplina Ética e Cidadania Digital na grade curricular da educação básica. Acesse aqui e participe desta campanha!

Divirta-se com o game do Instituto iStart!
Para celebrar o Dia das Crianças, criamos o game “Safe Hero”, uma versão adaptada do jogo Flappy Birds, na qual o usuário precisa desviar de elementos que remetem a alguns dos “perigos” que existem na internet como os crimes digitais e o cyberbullying. Acesse aqui para jogar!

Comentários

  1. Eu tenho 10 anos e estava navegando na internet e um homem me enviou um link , eu curiosa cliquei nesse link era um site pornografico. Fiquei um poco assustada e chamei minha mae , ela nunca mais deixou eu falar com ninguem virtual , eu fiquei um pouco triste e conversei com ela , ela deixou eu voltar a acessar a internet, nao `epoca eu tinha 07 anos. Por eu ser fan de Anime (desenho japones) e ser muito alta acham que eu sou adulta. eu fico um pouco triste em saber que existem pedofilos que fazem isso… :(

  2. paulo disse:

    pessoas malvadas são o motivo pelo qual não podemos brincar nas ruas e, agora nem na internet podemos brincar eu apoio o instituto istart nessa luta as vezes precisamos fazer uma pesquisa para a escola, a primeira coisa que a gente pensa é vou procurar na internet, não é?

    • iStart disse:

      Isso mesmo, Paulo, e por isso precisamos de uma internet mais segura, para que todos possam utilizá-la sem correr riscos e para fins positivos!

  3. Eu acho que a falta de segurança na Internet está cada vez mais perigosas pois crianças querem se comunicar com outras mais não sabem quem é que está falando com elas e nem sempre são pessoas de bom coração eu acho que esse projeto deveria fazer um programa na Internet que protegesse as crianças e deveriam fazer uma unidade grátis nas cidades mais movimentadas por crianças se quiserem informações do IBGE para saber onde a mais viris mais movimentação mais crianças pobres entrem em contato por e – mail se não gostarem da idéia não há problemas… só entrem em contato e me digam porque não gostaram da idéia ok ?

    • iStart disse:

      Olá, Julia! Gostaríamos de agradecer pelo seu comentário e sugestões. Elas são muito bem-vindas e poderão nos auxiliar em nossos próximos passos. A meta do Instituto iStart é continuar levando mais segurança, educação e ética digital para todo o Brasil e é muito importante que toda a sociedade esteja envolvida nesse processo. Continue apoiando a causa!

  4. Natalia lima disse:

    Adorei este site ao ler vi que era o que eu estava procurando, Estou ansiosa para ler seu próximo artigo, parabéns.
    Natalia

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *