iStart leva educação digital para escolas públicas

EMEF Prefeito Luciano Corsetti (RS) é primeira instituição da rede pública a obter selo “Escola Digital Segura” concedido pelo Instituto iStart de Ética Digital

Após quase um ano de atividades, a EMEF Prefeito Luciano Corsetti é a primeira instituição da rede pública a conquistar a certificação “Escola Digital Segura”, concedida pelo Instituto iStart e desenvolvida com base em uma metodologia inédita que já foi aplicada em mais de 50 escolas privadas no Brasil. A obtenção do selo é um importante reconhecimento no trabalho preventivo e orientativo para o melhor uso da tecnologia no processo de ensino-aprendizagem, fundamental para enfrentar os desafios educacionais na atual realidade da Sociedade Digital.

Localizado em Caxias do Sul (RS), o colégio tem como uma das prioridades o uso ético, seguro, saudável e legal dos recursos tecnológicos, dentro e fora da sala de aula. As ações disseminadas pelos professores do LIE (Laboratório de Informática Educativa), educadores, funcionários e pais, tiveram o apoio de Alexandre Corso, técnico em informática da Secretaria Municipal de Educação e voluntário do Instituto iStart. “O processo contínuo de capacitação da escola começou em 2012, com uma palestra sobre direito autoral. Desde então foram realizados seminários e diferentes práticas com os estudantes para engajar e mobilizar acerca da segurança digital, sobre bullying e cyberbullying, exposição excessiva e comportamento de risco nas redes sociais.”

Devido à crescente importância do tema, o Instituto defende que deveria haver uma disciplina obrigatória nas Escolas sobre Ética e Segurança Digital. “Qualquer uso de recurso tecnológico nas instituições de ensino tem que estar associado a uma finalidade educativa, para estimular a aprendizagem. A utilização indevida pode gerar desde dispersão do aluno até a ocorrência de outros incidentes como exposição demasiada de intimidade”, afirma a Dra. Patricia Peck Pinheiro, advogada especialista em Direito Digital e idealizadora do Instituto iStart.

Desde 2010 a organização auxilia instituições de ensino no melhor uso da tecnologia, voltada para formação de usuários mais bem preparados, e vem expandindo seu projeto de capacitação para escolas públicas municipais. Além do trabalho desenvolvido na EMEF Prefeito Luciano Corsetti, outra escola pública que está passando pelo processo de certificação é a EMEF Santo Antônio, também em Caxias do Sul (RS). A internet chegou há pouco tempo, e a temática da segurança digital está presente em diversos trabalhos envolvendo todas as disciplinas escolares.

Para obter o Selo, a Instituição de Ensino deve responder um questionário com indicadores que determinam o grau de aplicação das melhores práticas pedagógicas no uso das novas tecnologias e governança de TI, em conformidade com as leis locais do país em que a Escola está e da cultura da comunidade na qual está inserida. O Selo prevê também necessidade de realização de campanhas educativas obrigatórias de combate ao bullying e ao cyberbullying. Saiba mais AQUI.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *