Mãe, pai: posso ver o YouTube?

Reportagem do jornal Zero Hora trata sobre os conteúdos que os filhos acessam na internet e questiona se os pais devem praticar algum controle sobre essa navegação.

“Um dos problemas é a lista de vídeos que aparece como sugestão na plataforma depois que a criança assiste ao seu youtuber favorito”, destaca a Dra. Patricia Peck em entrevista ao jornal. A educadora do #iStart alerta que cabe ao responsável legal verificar o conteúdo a que a criança está exposta na Internet.

Leia AQUI a matéria completa.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *